quinta-feira, 20 de agosto de 2020


O que você faria se encontrasse fotos de sua filha em um site de pedofilia? Foi o que aconteceu com a britânica Amanda Morgan, de 29 anos, que entrou em choque ao descobrir que imagens de sua bebê tinham ido parar em em um site russo acessado por pedófilos.

Em uma das imagens, o rosto da menina, à época com apenas seis meses de idade, foi totalmente editado. Ela aparece com olhos verdes, longos cílios pretos e batom vermelho. Entre os comentários feitos pelos usuários, um homem faz uma referência ao fato da criança aprecer engatinhando e diz que ela está “em uma boa posição”.
Reprodução
Em entrevista ao jornal britânico Metro, Amanda contou que só ficou sabendo do fato porque foi alertada por outros pais que viram as imagens modificadas e sendo compartilhadas em um site de abuso infantil. As fotos foram copiadas do perfil de Amanda no Instagram. A mãe conta que chorou “incontrolavelmente por 45 minutos” quando viu as imagens da menina, hoje com dois anos. 

"Chorava e tremia sem parar. Meu parceiro não conseguia me acalmar. Achei que era tudo culpa minha porque tinha essa página do Instagram”, desabafou.

Fonte: Oliberal

Posts Relacionados

4/ 5