segunda-feira, 3 de agosto de 2020

MC Atrevida: dona de clínica diz que consultório não tem irregularidades

Proprietária da “Rainha das Plásticas” disse que médico poderia realizar procedimento, apesar de conselho regional não reconhecer profissional


A proprietária da clínica Rainha das Plásticas, Wania Tavares, declarou nesta segunda-feira (3), em entrevista exclusiva à Record TV Rio, que não há nenhum tipo de irregularidade com o consultório onde Fernanda Rodrigues, a MC Atrevida, passou por procedimento cirúrgico. A funkeira morreu dias após realizar uma hidrolipo com enxerto no glúteo no local.

Wania afirmou que o responsável pelo procedimento em MC Atrevida, Wilson Ernest Garlaza Jara, tinha cursos de cirurgia plástica e estava liberado para fazer hidrolipos. Entretanto, o médico só possui registro ativo no Cremerj (Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro) em ginecologia.

Ainda de acordo com Wania, o procedimento é considerado de baixa complexidade e, por isso, pode ser realizado na clínica, localizada em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro. A Rainha das Plásticas possui outra filial, em Nilópolis, na Baixada Fluminense.

“A gente tá maltratada, angustiada. Abalada com a situação. As pessoas se aproveitam para falar mentiras, ameaças. [...] Já fui à delegacia, colaborei, levei todos os documentos da clínica”, desabafa Wania.


“Eu tenho consciência de que está tudo certinho na clínica”, concluiu Wania. A proprietária do consultório também destacou que ofereceu assistência à MC Atrevida e afirmou que se disponibilizou a pagar consultas particulares para ela.

A clínica foi interdita pela Polícia Civil e, nesta segunda-feira (3), o médico responsável pelo procedimento será ouvido pelo delgado da 20ª DP (Vila Isabel).

Fonte: R7

Posts Relacionados

MC Atrevida: dona de clínica diz que consultório não tem irregularidades
4/ 5