quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Imagens de satélite mostram efeitos da explosão no porto de Beirute

Local do armazém que é epicentro do acidente na capital do Líbano desmoronou por completo e agora está coberto por água do mar


Imagens de satélite mostram o tamanho do estrago provocado pela explosão no porto de Beirute, capital do Líbano, na terça-feira (4). Fotos feitas antes do acidente e logo depois dão uma ideia do impacto da detonação.

A comparação entre as duas imagens mostra que todos os armazéns da zona portuária foram afetados, sendo que alguns deles simplesmente desaparecem.

Na segunda foto acima, no canto inferior esquerdo, é possível ver quem uma grande quantidade de solo desmoronou. A água do mar ocupa agora a área que era de um dos armazéns — aquele que é o epicentro do acidente e onde estavam guardadas 2.750 toneladas de nitrato de amônio, material altamente explosivo.



Em outro conjunto de imagens, mais abertas é possível perceber o impacto da explosão sobre toda a área central de Beirute.

Fonte: R7

Posts Relacionados

Imagens de satélite mostram efeitos da explosão no porto de Beirute
4/ 5