10 de ago. de 2020

Damares vai ajudar menina de 10 anos que engravidou após estupro

Ministra também rebateu críticas sofridas por seus alertas sobre abusos


Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, usou as redes sociais para comentar mais um caso de estupro praticado contra uma criança. Na publicação, ela destacou que suas denúncias não se tratam de uma conspiração e sim de fatos.

– Então, minha luta é conspiração? Então, não existe estupro de crianças? – questionou.

A ministra informou ainda que sua equipe já está mobilizada para atender o caso noticiado no domingo (9), sobre uma menina de São Mateus, no Espírito Santo.

– Minha equipe já está entrando em contato com as autoridades de São Mateus para ajudar a criança, sua família e para acompanhar o processo criminal até o fim – avisou Damares.

Vítima de abuso sexual, Damares lidera uma luta contra o estupro no país. No ano passado, em entrevista ao Pleno.News, ela alertou que até mesmo bebês têm sido vítimas.


O caso comentado pela ministra, nesta segunda-feira (10), é sobre uma menina de 10 anos que está grávida após seguidos abusos do tio. A garota era estuprada desde os 6 anos de idade. O crime foi descoberto após uma tia levá-la ao Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, no último sábado (8). O Conselho Tutelar da cidade foi acionado e a família faz buscas pelo estuprador.




Fonte: Pleno News