sábado, 8 de agosto de 2020

Aparelhagens querem a liberação das festas na pandemia



Um grupo de pessoas ligadas às aparelhagens irão às ruas de Belém na próxima quarta-feira (12) para pedir o fim das proibições de festas no Estado durante a pandemia de covid-19.

O anúncio foi feito pela Associação das Aparelhagens e Casa de Shows do Pará (Apassepa) na quinta-feira (6) e acendeu o debate sobre o retorno de atividades durante uma pandemia que já matou quase 100 mil pessoas em todo o país.

Segundo a associação, as medidas de segurança definidas para tentar conter o avanço do vírus já prejudicaram demais o setor de eventos em Belém. Para o presidente da Apassepa, Ademar Gonçalves, a pandemia já custou centenas de postos de trabalho no setor.

O retorno gradativo é defendido pela associação. Num primeiro momento, apenas eventos em casa de shows com espaços abertos seriam permitidos, respeitando as regras de distanciamento de 1,5m de distância por pessoa e grupos de até 4 pessoas por mesa.


A associação, que diz representar mais de 50 aparelhagens, está organizando o protesto no próximo dia 12 em frente ao gabinete da Prefeitura de Belém.


Fonte: Dol

Posts Relacionados

Aparelhagens querem a liberação das festas na pandemia
4/ 5