domingo, 12 de julho de 2020

Limpar a casa reduz a ansiedade. Se inspire nesta matéria para viver melhor!


Já limpou a casa hoje? Que tal lavar uma louça para encontrar a paz?! Estudos mostram que limpar a casa reduz a ansiedade.

Há quem acredite que limpar a casa é uma das tarefas mais difíceis do dia a dia. Mas a maioria das pessoas admitem que se sentem muito melhor quando a casa está organizada e limpa.

Confira nesta matéria porque limpar a casa pode ser uma ótima opção para driblar o estresse.


A ciência explica


Um estudo feito pelo British Journal of Sports Magazine, mostrou que apenas vinte minutos de exercício físico gastos nas tarefas de casa, eram suficientes para reduzir os níveis de estresse.

Isso porque um ambiente organizado reflete nas nossas emoções, trazendo mais equilíbrio e tranquilidade. Quando a casa está em ordem, conseguimos mais tempo para investir nossa energia em atividades mais produtivas.

Outro fator é que ao organizarmos a casa ou algum ambiente bagunçado, temos uma sensação de controle. Como a vida é cheia de situações que não podemos controlar, acaba nos gerando uma certa ansiedade e angústia. Por isso, pequenas atitudes como colocar em ordem nossa casa, pode diminuir a ansiedade significadamente e dar nos dar a sensação de que estamos com as rédeas em nossas mãos. Pelo menos, do lugar onde moramos.

Um momento como o que estamos vivendo com a pandemia, pode gerar muito estresse e ansiedade. Que tal aproveitar os cuidados redobrados com a higiene e esse tempo maior em casa para colocar em ordem aquelas bagunças que sempre deixamos para depois? Veja algumas dicas abaixo, por onde começar!

Comece pelas pequenas coisas

Mudar os nossos hábitos e comportamentos leva um tempo. Sendo assim, comece por pequenas mudanças no seu dia a dia, como: tirar o pó dos móveis, lavar a louça, arrumar a cama. Depois de alguns dias realizando essas mesmas tarefas, elas se tornarão um hábito e passarão a ser feitas com muito mais naturalidade.

Coloque uma música e movimente-se!


A dica aqui é não deixe para depois e evite se entregar aos convites irresistíveis da sua cama e sofá. Acorde disposto a executar algumas tarefas, liste-as e vai riscando conforme terminar. Isso vai te motivar para a próxima tarefa.

Muitas pessoas gostam de limpar casa curtindo músicas animadas e alto astral. Assim a vontade de se movimentar aumenta e o ânimo e disposição aparecem mais rápido. Outra coisa é que seu cérebro vai associar a realização da tarefa doméstica a um momento agradável e prazeroso.


Crie um cronograma de limpeza

Ter um cronograma de limpeza, fixado num quadro e num lugar visível vai te ajudar a lembrar o que tem para fazer.
Uma boa estratégia é que se você divide sua casa com outras pessoas, marido, filhos, parentes ou amigos, você pode fazer uma divisão de tarefas, para que todos participem e ninguém fique sobrecarregado. O cronograma vai ajudar em ambos os casos.

Agora crie o seu cronograma por ordem de prioridades:
Tarefas diárias: lavar a louça, arrumar a cama, tirar o lixo.
Tarefas feitas uma vez por semana: lavar a roupa, varrer, passar aspirador, trocar roupas de cama, tirar o pó dos móveis, lavar o banheiro. Divida as tarefas em dias da semana, ao invés de fazer tudo no mesmo dia. 

Tarefas feitas mensalmente: organizar e limpar armários, gavetas e a dispensa, Limpar vidros e janelas, limpar o refrigerador, lustres, limpar o colchão Separar itens para doação ou para jogar fora.
A cada semestre: Lavar cortinas, lavar ou trocar os travesseiros, Fazer reparos necessários na casa.

Desapegue!


Primeiramente uma casa com menos objetos é muito mais receptiva e harmoniosa. Então, se está quebrado, rasgado ou estragado: jogue fora! Se está em bom estado, mas você não usa há um bom tempo (mais de 6 meses, por exemplo): doe! Além de dar utilidade para o que está parado, você ganha espaço para organizar melhor o que necessita.

E por último, uma regra básica.

Siga essa regra básica e incentive as pessoas que moram com você a seguir também. Sujou, lavou. Usou, guardou. Desarrumou, arrume!

Vou repetir mais uma última vez para o seu cérebro fixar: se cada um fizer a sua parte, não sobrecarrega ninguém, e todos poderão aproveitar da satisfação de viver num ambiente limpo e organizado.

Fonte: Notícias Gazin

Posts Relacionados

Limpar a casa reduz a ansiedade. Se inspire nesta matéria para viver melhor!
4/ 5