quinta-feira, 9 de julho de 2020

Homem mata e corta dedos de idosos para usar biometria e sacar dinheiro

Suspeito arrancou dedos de idosa após matá-la e os levou no bolso até banco para tentar saque, diz delegado


Homem que matou dentista era inquilino de um imóvel da vítima em Colorado (RO); ele confessou o crime. Marido de Dionélia Gioacometti também foi assassinado no mesmo dia.
Um casal de idosos foi assassinado e os suspeitos foram presos na última terça-feira (7) ao tentaram fugir com o carro das vítimas. O caso aconteceu em Rondônia e aterrorizou a população por conta da brutalidade que foi executado.


Os suspeitos eram inquilinos dos idosos e atraíram as vítimas para o imóvel com intuito de cometer o crime. A idosa, Dionélia Gioacometti, foi a primeira a ser assassinada na manhã de domingo (5). Ela esteve na residência para verificar um suposto vazamento na pia dos inquilinos, mas levou um golpe na cabeça e ao cair no chão foi amordaçada e estrangulada até a morte. Neste momento, o homem cortou 4 dedos de Dionélia e os levou no bolso para tentar sacar o dinheiro da vítima em uma agência bancária, mas não conseguiu.

Ainda de acordo com a publicação, o criminoso voltou para casa e atraiu Eldon Mai, o esposo de Dionélia. O idoso entrou no imóvel e foi atacado com um golpe de enxada na cabeça. Os corpos de Dionélia e Eldon foi enterrados em uma rodovia na cidade de Chupinguaia, ainda em Rondônia. Durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal na estrada, o suspeito estava com a esposa e a filha no carro das vítimas tentando sair da cidade.


Ele confessou o crime e indicou onde teria enterrado os idosos. A esposa do suspeito foi presa após a polícia descobrir que havia um mandado de prisão contra ela em aberto. A Polícia Civil continua investigando o caso.


Fonte: Dol

Posts Relacionados

Homem mata e corta dedos de idosos para usar biometria e sacar dinheiro
4/ 5