sexta-feira, 19 de junho de 2020

Idosa vivia em condições desumanas sob ameaça de neta

Polícia afirma que vítima estava com fome e não sabia quando havia comido pela última vez


Geladeira tinha goiabada e margarina (Divulgação / PC)
A polícia encontrou uma idosa de 82 anos vivendo em condições desumanas e em local insalubre na cidade de Anápolis, Goiás. A vítima foi resgatada pela Polícia Civil (PC) na quinta-feira, 18. Ela morava com a neta, 34, que a ameaçava constantemente, conforme contou à polícia. E ainda ficava com o dinheiro da aposentadoria.

O delegado Manoel Vanderic, da Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso (Deai), disse que a vítima estava com fome e não sabia a última vez que havia se alimentado.

“Ela não havia feito nenhuma refeição na quinta-feira e não tem lembrança da hora que comeu no dia anterior. Ela disse que é agredida psicologicamente com ameaças e injúrias e não faz nenhum tratamento médico”, contou.


A idosa, que tem sérios problemas de locomoção, disse que a neta pegava todo o dinheiro da aposentadoria e não comprava alimentos. Na geladeira do imóvel, havia apenas um pacote de goiabada e um pote pequeno de margarina. No fogão, panelas sujas e vazias.

Nesta sexta-feira (19), a idosa foi encaminhada a um abrigo de Anápolis. Um inquérito policial foi instaurado para investigar o caso.


Com informações Do Mais Goiás

Posts Relacionados

Idosa vivia em condições desumanas sob ameaça de neta
4/ 5