quarta-feira, 17 de junho de 2020

Estudo aponta que sangue do tipo O tem menos chance de testar positivo para covid-19

Pessoas com tipo sanguíneo O têm até 18% menos de chance de testar positivo para o novo coronavírus e até 26% menos de chance de desenvolver a doença


Os tipos sanguíneos influenciam de forma determinante nas chances de desenvolver a covid-19, é o que aponta um estudo genético comandado pela empresa 23andMe.

Um grupo de 750 mil voluntários foi observado pelos cientistas, que chegaram à conclusão que pessoas com tipo sanguíneo O têm até 18% menos de chance de testar positivo para o vírus. Além disso, têm até 26% menos de chance de desenvolver a doença.

“O estudo e o recrutamento estão em andamento e temos esperança de que possamos usar nossa plataforma de pesquisa para entender melhor as diferentes maneiras de como as pessoas respondem ao vírus”, diz uma publicação no blog 23andMe.

De acordo com a empresa, fatores como sexo, idade, peso, comorbidades e taxa de exposição ao vírus não afetaram os resultados da pesquisa.


China


Um estudo preliminar realizado na China, seguindo a mesma linha, analisou amostras sanguíneas de 2.173 pacientes e obteve um resultado semelhante. Pessoas com o sangue do tipo A eram mais suscetíveis ao Sars-CoV-2, enquanto as de tipo O eram mais resistentes.


Outro trabalho ainda sem revisão científica apontou que pacientes com tipo sanguíneo A têm maior chance de apresentarem quadros mais severos da covid-19.

 com informações de Metrópoles

Posts Relacionados

Estudo aponta que sangue do tipo O tem menos chance de testar positivo para covid-19
4/ 5