terça-feira, 16 de junho de 2020

China prepara exército de robôs fortemente armados

Apesar de ser uma novidade para a China, os Estados Unidos operam robôs de combate há muito tempo

BEIJING, CHINA - SEPTEMBER 03: Chinese soldiers march past Tiananmen Square before a military parade on September 3, 2015 in Beijing, China. China is marking the 70th anniversary of the end of World War II and its role in defeating Japan with a new national holiday and a military parade in Beijing. (Photo by Kevin Frayer/Getty Images)
O Exército da China está desenvolvendo pequenos robôs de combate armados com metralhadoras, visão noturna, carregadores de mísseis e sensores de última geração para conduzir ataques, permitindo que o contingente humano permaneça a uma distância segura do local do conflito.

De acordo com a mídia estatal People’s Online Daily, o robô “parece um pequeno veículo de assalto, com os resultados das práticas mostrando que ele tem uma precisão aceitável”.

Embora a reportagem destaque que o robô será controlado por humanos, não está claro se o robô é meramente controlado remotamente ou se opera com alguma forma de autonomia.

Como é um veículo pequeno, o robô é formulado para percorrer terrenos acidentados ou irregulares e operar como as armas sempre posicionadas para lançar ataques no solo.

Apesar de ser uma novidade para o regime comunista chinês, as Forças Armadas dos Estados Unidos operam robôs de combate há muito tempo.

No entanto, embora a doutrina militar do Pentágono estipule que um humano sempre deve estar controlando os robôs quando em caso de decisões que envolvam o uso de força letal, muitos líderes militares norte-americanos expressaram preocupação de que não há garantias de que inimigos em potencial vão seguir um caminho semelhante.

Com informações do En.people.cn

Posts Relacionados

China prepara exército de robôs fortemente armados
4/ 5